Início >  SAÚDE FAMILIAR > CIRCULAÇÃO/PERNAS PESADAS > VENOTOP 50 MG 60 COMP LP

VENOTOP 50 MG 60 COMP LP

VENOTOP 50 MG 60 COMP LP

CNP: 5637426

 

18.50 €


Folheto informativo: Informação para o utilizador

Venotop 50 mg comprimidos de libertação modificada
Escina

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois
contém informação importante para si.
Tome este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo
com as indicações do seu médico ou farmacêutico.
- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
- Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
- Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Ver secção 4.
- Se não se sentir melhor ou se piorar, tem de consultar o seu médico.

O que contém este folheto:



Venotop contêm 50 mg de escina, pertencendo ao grupo dos medicamentos
venotrópicos, isto é, medicamentos utilizados para melhorar a circulação no tratamento
da insuficiência venosa

Venotop está indicado no tratamento dos sintomas associados à insuficiência venosa
crónica (dificuldades de circulação) dos membros inferiores (pernas), como sejam a
sensação de pernas pesadas, doridas e inchadas ou com prurido (comichão).

Nota:
Quaisquer outras medidas não invasivas, prescritas pelo seu médico, tais como a
aplicação de compressas nas pernas, utilização de meias de compressão ou aplicações
de água fria, devem ser sempre seguidas.

Em caso de aparecimento súbito de queixas intensas não usuais particularmente
apenas numa perna, caracterizadas por inchaço, descoloração da pele, sensação de
tensão ou calor e dor, recomenda-se consultar imediatamente um médico uma vez que
estes sinais podem ser sintomas de uma doença grave (trombose das veias das pernas,
i.e. oclusão venosa dos membros inferiores causada por um coágulo sanguíneo).



Não tome Venotop:
-Se tem alergia (hipersensibilidade) à substância ativa ou a qualquer outro componente


deste medicamento (indicados na secção 6).
-Se tem idade inferior a 12 anos, uma vez que não existem dados suficientes
disponíveis sobre a avaliação benefício-risco deste medicamento em crianças.

Advertências e precauções
Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Venotop se ocorrer inflamação
da pele, tromboflebite ou endurecimento subcutâneo, dor forte, úlceras, inchaço súbito
de uma ou das duas pernas ou se lhe tiver sido diagnosticado insuficiência cardíaca ou
renal.

Crianças e adolescentes
Não existem dados disponíveis sobre a utilização de Venotop em crianças.

Outros medicamentos e Venotop
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado recentemente
ou se vier a tomar outros medicamentos.
Não são conhecidos casos de interação de Venotop com outros medicamentos.

Gravidez e amamentação
Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar,
consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.
A quantidade de dados sobre a utilização de Venotop em mulheres grávidas, é limitada
ou inexistente. Deste modo, não é recomendada a utilização durante a gravidez ou
amamentação.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não foram realizados estudos sobre o efeito na capacidade de conduzir e utilizar
máquinas.



Tome este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo
com as indicações do seu médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico,
farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose recomendada de Venotop é 1 comprimido de libertação modificada duas vezes
por dia.

Venotop deve ser tomado, sem mastigar, com um copo de água, de manhã e à noite,
antes das refeições.

Durante quanto tempo deve tomar Venotop?
A duração do tratamento varia em função dos sintomas e pode prolongar-se por um
período de tempo mais longo.

Utilização em crianças e adolescentes
Venotop não é recomendado para utilização em crianças com idade inferior a 12 anos
devido à ausência de dados relativos à segurança e eficácia.


Se tomar mais Venotop do que deveria:
Poderá sentir náuseas, que é uma reação secundária conhecida e podem também
ocorrer vómitos e diarreia.
Por favor consulte um médico o qual deve decidir se são necessárias medidas de
correção adicionais.

Caso se tenha esquecido de tomar Venotop:
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar, no
entanto, continue o tratamento com Venotop como prescrito pelo seu médico ou
farmacêutico ou indicado neste folheto.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico
ou farmacêutico.



Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,
embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

A lista de efeitos secundários seguinte compreende todas as reações que ocorreram
durante o tratamento com extrato seco de sementes de castanha da Índia, incluindo
aquelas com doses mais elevadas ou tratamento prolongado. A frequência é
desconhecida.

Afeções do ouvido e do labirinto:
Vertigens.

Doenças gastrointestinais:
Queixas gastrointestinais (por exemplo, náuseas).

Doenças do sistema nervoso:
Cefaleias.

Afecções dos tecidos cutâneos e subcutâneos/Doenças do sistema imunitário:
Reações alérgicas (como prurido).

Comunicação de efeitos secundários
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá
comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.P. através dos contactos
abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações
sobre a segurança deste medicamento.

INFARMED, I.P.
Direção de Gestão do Risco de Medicamentos
Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53
1749-004 Lisboa
Tel: +351 21 798 71 40
Fax: + 351 21 798 73 97


Sítio da internet: http://extranet.infarmed.pt/page.seram.frontoffice.seramhomepage

E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt




Conservar a temperatura inferior a 25ºC.

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem
exterior e no blister, após "VAL". O prazo de validade corresponde ao último dia do mês
indicado.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte
ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas
medidas ajudarão a proteger o ambiente.



Qual a composição de Venotop

A substância ativa é Aesculus hippocastanum, extracto (extrato seco de sementes de
castanha da Índia). Cada comprimido de libertação modificada contém 50 mg de
glicosidos triterpénicos, calculados como escina anidra.
Os outros componentes são: hidrogenofosfato de cálcio anidro, sílica coloidal anidra,
poli (cloreto de etil acrilato, metil metaacrilato, trimetilamónioetil metacrilato), poli
[etilacrilato-co-metil-metacrilato-co-(2-trimetil amónio etil)cloreto de metacrilato], citrato
de trietilo, polissorbato 80, crospovidona, povidona K 25, estearato de magnésio,
hipromelose, macrogol 4000, emulsão de dimeticone, talco, sacarina sódica (E954),
vanilina, óxido de ferro (E172), óxido de ferro hidratado e dióxido de titânio (E 171).

Qual o aspeto de Venotop e conteúdo da embalagem
Venotop é um comprimido redondo, castanho-alaranjado.
Venotop está disponível em blisters de PVC/PVDC-Alu, em embalagens de 25, 50 e 60
comprimidos de libertação modificada.
É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Dr. Willmar Schwabe GmbH & Co. KG
Willmar-Schwabe-Strasse 4
D-76227 Karlsruhe
Alemanha

Distribuído por:

Tecnimede, S.A.
Rua da Tapada Grande, n.º 2


Abrunheira
2710-089 Sintra
Portugal


Este folheto foi revisto em
Faça download do folheto informativo

Fonte da informação: última versão disponibilizada no site do Infarmed. Não invalida a leitura do folheto informativo contido no interior da embalagem. Em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou os nossos farmacêuticos

<?= $familia->nomeFamilia ?>