REMISIL 0,5% GEL 100 G

REMISIL 0,5% GEL 100 G

CNP: 2152494

 

13.90 €


Folheto informativo: Informação para o doente

REMISIL 5 mg/g gel
Piroxicam

Leia atentamente este folheto informativo antes de utilizar este medicamento, pois
contém informação importante para si.
Utilize este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo
com as indicações do seu médico ou farmacêutico.
- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
- Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico. - - Se tiver
quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados
neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Ver secção 4.

O que contém este folheto

Grupo farmacoterapêutico: 9.1.10 Aparelho locomotor. Anti-inflamatórios não
esteróides. Anti-inflamatórios não esteróides para uso tópico.

Código ATC: M02A A07

Remisil (piroxicam) é um anti-inflamatório não esteróide, cujo mecanismo de ação
resulta da inibição da síntese das prostaglandinas, sendo também dotado de atividade
analgésica. O piroxicam pode inibir o edema, o eritema, a proliferação tecidular e a dor.

O Remisil está indicado nas seguintes situações:
Tratamento local de situações inflamatórias agudas, nomeadamente reumatismos
periarticulares agudos (entorse, traumatismo, distensão muscular);
Fases agudas das artroses (cervicartroses, lombartroses, gonartroses).


Não utilize Remisil:

- se tem alergia ao piroxicam ou a qualquer outro componente deste medicamento
(indicados na secção 6).
- se em tratamentos anteriores com este ou outros medicamentos contendo piroxicam
tiverem ocorrido reações alérgicas.


- se for alérgico ao ácido acetilsalicílico ou nos casos em que a administração de ácido
acetilsalicílico ou de outros anti-inflamatórios já tenha induzido sintomas de asma,
pólipos nasais, angioedema ou urticária.

Advertências e precauções

Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de utilizar Remisil.

Na medida que existe possibilidade de absorção cutânea de Remisil, não é possível
excluir a ocorrência de efeitos sistémicos. O risco de ocorrência destes efeitos depende,
entre outros fatores, da superfície exposta, quantidade aplicada e tempo de exposição.

Segurança cutânea dos AINEs:
Têm sido muito raramente notificadas reacções cutâneas graves, algumas das quais
fatais, incluindo dermatite esfoliativa, síndrome de Steven-Johnson e necrólise
epidérmica tóxica, associadas à administração de AINEsAparentemente o risco de
ocorrência destas reacções é maior no início de tratamento, sendo que na maioria dos
casos estas reacções manifestam-se durante o primeiro mês de tratamento. Remisil deve
ser interrompido aos primeiros sinais de rash, lesões mucosas, ou outras manifestações
de hipersensibilidade.

Remisil não deve ser aplicado nos olhos, mucosas, nem nas lesões abertas da pele, ou
em quaisquer situações cutâneas que afectam ou que alteram a estrutura e o
funcionamento normal da pele. Caso isso aconteça, deve-se lavar a área afectada com
água abundante.

Utilização em doentes idosos:
Não é necessário ajuste posológico.

Utilização em doentes com insuficiência renal ou insuficiência hepática:
Não é necessário ajuste posológico.

Crianças
Não foram ainda estabelecidas as indicações nem as doses a usar em crianças.

Não expor a área tratada ao sol durante o tratamento e nas duas semanas seguintes.

Outros medicamentos e Remisil

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado ou tomar,
tiver tomado ou utilizado recentemente, ou se vier a tomar ou utilizar outros
medicamentos.
Os anti-inflamatórios não esteróides (AINE) podem diminuir a eficácia dos diuréticos
assim como de outros medicamentos anti-hipertensores. Nalguns doentes com função
renal diminuída (ex.: doentes desidratados ou idosos com comprometimento da função


renal) a co-administração de um IECA ou AAII e agentes inibidores da ciclooxigenase
podem ter como consequência a progressão da deterioração da função renal, incluindo a
possibilidade de insuficiência renal aguda, que é normalmente reversível. A ocorrência
destas interacções deverá ser tida em consideração em doentes a fazer a aplicação de
piroxicam, sobretudo se for zonas extensas de pele e por tempo prolongado, em
associação com IECA ou AAII. Consequentemente, esta associação medicamentosa
deverá ser utilizada com precaução, sobretudo em doentes idosos. Os doentes devem ser
adequadamente hidratados e deverá ser analisada a necessidade de monitorizar a função
renal após o início da terapêutica concomitante, e periodicamente desde então.

Gravidez, amamentação e fertilidade

Consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar qualquer medicamento.

A aplicação de Remisil não é recomendado durante a gravidez ou aleitamento.
Se tiver de aplicar o medicamento e suspeitar de estar grávida, contacte o seu médico.
Se está ou tenciona amamentar consulte o seu médico.


Condução de veículos e utilização de máquinas

A aplicação cutânea de Remisil não requer precauções na condução de veículos e na
utilização de máquinas.

Remisil contém propilenoglicol que pode causar irritação cutânea.


Utilize este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo
com as indicações do médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico ou farmacêutico
se tiver dúvidas.
Remisil destina-se exclusivamente a uso externo. Não deve ser usado com penso
oclusivo.
Recomenda-se a aplicação de 1 grama (5 mg de piroxicam) de Remisil (cerca de 3 cm
de gel à saída da bisnaga) na área afetada, 3 a 4 vezes por dia. Após aplicação, massajar
suavemente até que não subsista material residual na pele.

Se utilizar mais Remisil do que deveria

No caso de aplicar uma quantidade excessiva de gel, não são de esperar efeitos de
sobredosagem, uma vez que o medicamento administrado por via cutânea praticamente
não apresenta absorção sistémica.


Caso se tenha esquecido de utilizar Remisil


Aplique regularmente Remisil durante o tempo que o médico lhe aconselhar. Sendo
Remisil um medicamento para aplicação cutânea, a omissão de uma aplicação não é
relevante.

Se parar de utilizar Remisil

Caso tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou
farmacêutico.


Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,
embora estes não se manifestam em todas as pessoas.

Os resultados secundários da aplicação do gel são raros e, geralmente, são de
intensidade ligeira a moderada: irritação da pele na zona da aplicação do REMISIL,
eritema (vermelhidão), rash, exantema cutâneo (manchas na pele), descamação, prurido
(comichão).
Poderá ocorrer descoloração, ligeira mas passageira, da pele quando o gel não é
co mp let a me nt e massa jado , assim co mo ma nc ha s na ro upa.
Têm sido referidos os seguintes feitos ao nível da pele: dermatite de contacto, eczema e
reacções cutâneas de fotossensibilidade.
Caso surjam sinais de irritação no local de aplicação, deverá interromper a aplicação do
gel e consultar um médico.

Pode ocorrer reacções bolhosas incluindo síndroma de Steven-Johnson e necrólise
epidérmica tóxica (muito raro).

Comunicação de efeitos secundários
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico, ou farmacêutico ou enfermeiro.
Também poderá comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED, I.P.
através dos contactos abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a
fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

INFARMED, I.P.
Direção de Gestão do Risco de Medicamentos
Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53
1749-004 Lisboa
Tel: +351 21 798 71 40
Fax: + 351 21 798 73 97
Sítio da internet: http://extranet.infarmed.pt/page.seram.frontoffice.seramhomepage

E-mail: farmacovigilancia@infarmed.pt




Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.
Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem
exterior. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês.
Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte
ao seu farmacêut ico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas
ajudarão a proteger o ambiente.

Não conserve o medicamento acima de 25ºC.


Qual a composição de Remisil

- A substância activa é piroxicam. Cada grama de gel contém 5 mg de piroxicam.
- Os outros componentes são: etanol; trolamina; propilenoglicol; carbómero 940, água
purificada.

Qual o aspecto de Remisil e conteúdo da embalagem

Remisil apresenta-se na forma farmacêutica de gel, de cor amarela, transparente,
acondicionado em bisnagas de Alumínio.
Cada embalagem de REMISIL tem 100 g de gel.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Alfa Wassermann – Produtos Farmacêuticos, Lda
Av. José Malhoa nº 2, Edifício Malhoa Plaza,
Piso-Escritório 2.2
1070-325 Lisboa, Portugal
Tel: 00351 217 226 110
Fax: 00351 217 226 119

Fabricante

Farmalabor – Produtos Farmacêuticos, Lda
Zona Industrial de Condeixa-a-Nova
3150-194 Condeixa-a-Nova, PORTUGAL

Este folheto foi revisto pela últ ima vez em
Faça download do folheto informativo

Fonte da informação: última versão disponibilizada no site do Infarmed. Não invalida a leitura do folheto informativo contido no interior da embalagem. Em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou os nossos farmacêuticos

<?= $familia->nomeFamilia ?>