Início >  SAÚDE FAMILIAR > DOR DE GARGANTA E ROUQUIDÃO > FLURBIPROFENO SANDOZ 8,75 MG 24 PASTILHAS

FLURBIPROFENO SANDOZ 8,75 MG 24 PASTILHAS

FLURBIPROFENO SANDOZ 8,75 MG 24 PASTILHAS

CNP: 5717715

 

7.80 €


Folheto informativo: Informação para o doente

Flurbiprofeno Sandoz 8,75 mg Pastilhas

Flurbiprofeno

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a tomar este medicamento pois
contém informação importante para si.
Tome este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo
com as indicações do seu médico ou farmacêutico.
Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.
Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Ver secção 4.
Se não se sentir melhor ou se piorar após 3 dias, tem de consultar um médico.

O que contém este folheto:



Flurbiprofeno Sandoz contém flurbiprofeno. O flurbiprofeno pertence a um grupo de
medicamentos chamados Anti-Inflamatórios Não-Esteroides (AINEs). Os AINEs
proporcionam alívio ao alterar a forma como o organismo responde à dor, inchaço e
temperatura elevada. As pastilhas de Flurbiprofeno Sandoz são utilizadas para aliviar
a curto prazo os sintomas de garganta inflamada, como dor de garganta e inchaço
em adultos e crianças com idade superior a 12 anos.

Se não se sentir melhor ou se piorar após 3 dias, tem de consultar um médico.



Não tome Flurbiprofeno Sandoz se:
tem alergia ao flurbiprofeno ou a qualquer outro componente deste medicamento
(indicados na secção 6).
tem (ou teve dois ou mais episódios de) uma úlcera no estômago, úlceras nos
intestinos ou hemorragia gastrointestinal
já teve asma, ruídos respiratórios inesperados ou falta de ar, corrimento nasal,
inchaço facial ou erupção da pele com prurido (urticária) após tomar ácido
acetilsalicílico (aspirina) ou qualquer outro medicamento AINE
teve uma hemorragia ou perfuração gastrointestinal, colite grave (inflamação do
intestino) ou distúrbios hemorrágicos após tomar medicamentos AINEs no passado
está a tomar doses elevadas de ácido acetilsalicílico (superiores a 75 mg de aspirina
por dia) ou outro medicamento AINE (como celecoxib, ibuprofeno, diclofenac sódico,
etc.)


tem insuficiência cardíaca grave, insuficiência renal grave ou insuficiência hepática
grave
está no último trimestre da gravidez

Advertências e precauções
Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de tomar Flurbiprofeno Sandoz se:
tem ou já teve asma ou sofre de alergias
tem amigdalite (inflamação das amígdalas) ou acha que pode ter uma infeção
bacteriana na garganta (pois pode precisar de antibióticos)
tem problemas cardíacos, renais ou hepáticos
teve um AVC
tem antecedentes de doença intestinal (como colite ulcerativa, doença de Crohn)
sofre de uma doença autoimune crónica, como lúpus eritematoso sistémico e doença
mista do tecido conjuntivo
é idoso, pois tem maior probabilidade de apresentar os efeitos secundários
mencionados neste folheto
está nos primeiros 6 meses de gravidez ou a amamentar

Outros medicamentos e Flurbiprofeno Sandoz
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, ou tiver tomado
recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos. Em especial, informe-os se
está a tomar:
doses baixas de ácido acetilsalicílico (aspirina) (até 75 mg por dia)
medicamentos para a pressão arterial elevada ou insuficiência cardíaca (anti-
hipertensores, glicosídeos cardíacos)
diuréticos (incluindo fármacos poupadores de potássio)
medicamentos para tornar o sangue mais fluido (anticoagulantes, antiplaquetários)
medicamentos para a gota (probenecida, sulfinpirazona)
outros medicamentos AINEs ou corticosteroides (tais como celecoxib, ibuprofeno,
diclofenac sódico ou prednisolona)
mifepristona (um medicamento usado para interrupção da gravidez)
antibióticos da classe das quinolonas (como a ciprofloxacina)
ciclosporina ou tacrolímus (para suprimir o sistema imunitário)
fenitoína (para tratar a epilepsia)
metotrexato (para tratar doenças autoimunes ou cancro)
lítio ou ISRSs (para a depressão)
antidiabéticos orais (para tratar a diabetes)
zidovudina (para tratar a infeção por VIH).

Flurbiprofeno Sandoz com álcool
O álcool deve ser evitado durante o tratamento com Flurbiprofeno Sandoz uma vez
que aumenta o risco de hemorragia no estômago ou nos intestinos.

Gravidez, amamentação e fertilidade
Não tome este medicamento se está no último trimestre de gravidez. Se está nos
primeiros 6 meses de gravidez ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia
engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este
medicamento.

Flurbiprofeno Sandoz pertence a um grupo de medicamentos que podem afetar a
fertilidade na mulher. Este efeito é reversível quando se para de tomar o
medicamento. É pouco provável que as pastilhas afetem a probabilidade de


engravidar quando utilizadas ocasionalmente, contudo, informe o seu médico antes
de tomar este medicamento se tiver dificuldades em engravidar.

Condução de veículos e utilização de máquinas
Não foram estudados os efeitos sobre a capacidade de conduzir e utilizar máquinas.
No entanto, tonturas e perturbações visuais são efeitos secundários possíveis após a
administração de AINEs. Se for afetado, não conduza nem utilize máquinas.

Flurbiprofeno Sandoz contém maltitol e isomalte
Cada pastilha contém 2160 mg de isomalte e 383 mg de maltitol.
Se lhe foi dito pelo seu médico que tem intolerância a alguns açúcares, contacte o
seu médico antes de tomar este medicamento.
Pode ter um ligeiro efeito laxante.
Valor calorífico 2,3 kcal/g de maltitol (ou isomaltitol).

Flurbiprofeno Sandoz contém hidroxianisol butilado (E320)
O hidroxianisol butilado pode causar reações cutâneas locais (por exemplo,
dermatite de contacto) e irritação local das mucosas na boca.



Tome este medicamento exatamente como está descrito neste folheto, ou de acordo
com as indicações do seu médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico ou
farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose recomendada para adultos, idosos e crianças com idade igual ou superior a
12 anos é:

Tome 1 pastilha e dissolva-a lentamente na boca.
Mova sempre a pastilha na boca enquanto esta se dissolve.
A pastilha deve começar a atuar em 30 minutos.
A partir daí tome uma pastilha a cada 3 a 6 horas, se necessário.
Não tome mais de 5 pastilhas num período de 24 horas.

Não administrar a crianças com menos de 12 anos de idade.

Estas pastilhas são apenas para tratamentos de curta duração. Deve tomar o menor
número de pastilhas durante o menor período de tempo necessário para aliviar os
sintomas. Se ocorrer irritação na boca, o tratamento com flurbiprofeno deve ser
interrompido.

Não tome Flurbiprofeno Sandoz durante mais de 3 dias, exceto se o seu médico o
recomendar. Se os sintomas persistirem ou se a dor se agravar, ou se surgirem
quaisquer novos sintomas, consulte o seu médico ou farmacêutico.

Se tomar mais Flurbiprofeno Sandoz do que deveria
Pode sentir sonolência ou náuseas. Em caso de sobredosagem, deve procurar
aconselhamento médico imediato, mesmo que se sinta bem.

Caso se tenha esquecido de tomar Flurbiprofeno Sandoz
Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.



Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu
médico ou farmacêutico.



Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários,
embora estes não se manifestem em todas as pessoas.

Pare de tomar este medicamento e procure assistência médica imediata se
desenvolver:
sinais de reações alérgicas tais como asma, pieira inexplicável ou falta de ar,
comichão, corrimento nasal, erupções na pele, etc.
inchaço da face, língua ou garganta causando dificuldade em respirar, o coração a
bater muito depressa e descida da pressão arterial levando a choque (estes sintomas
podem ocorrer mesmo na primeira utilização do medicamento)
reações graves na pele como descamação, desenvolvimento de bolhas ou perda de
pele.

Informe o seu médico ou farmacêutico se apresentar algum dos seguintes efeitos ou
qualquer outro efeito não descrito:

Frequentes (podem afetar até 1 em cada 10 pessoas)
tonturas, dor de cabeça
garganta irritada, dor de garganta
úlceras na boca ou dor na boca, desconforto ou sensação estranha na boca (como
calor, ardor, formigueiro, picadas, etc.)
náuseas e diarreia
sensação de formigueiro e comichão na pele

Pouco frequentes (podem afetar até 1 em cada 100 pessoas)
sonolência
formação de bolhas na boca ou na garganta, dormência na garganta
inchaço do estômago, dor abdominal, gases (flatulência), prisão de ventre,
indigestão, vómitos
boca seca, sensação de ardor na boca, sentido de paladar alterado
erupções cutâneas, comichão na pele
febre, dor
sensação de sonolência ou dificuldade em adormecer
agravamento da asma, pieira, falta de ar
diminuição da sensação na garganta

Raros (podem afetar até 1 em cada 1.000 pessoas)
reação anafilática

Desconhecido (a frequência não pode ser calculada a partir dos dados disponíveis)
anemia, trombocitopenia (baixa contagem de plaquetas no sangue que pode dar
origem a hematomas e hemorragias)
inchaço (edema), pressão arterial elevada, insuficiência cardíaca ou ataque cardíaco
formas graves de reações cutâneas, tais como reações bolhosas, incluindo síndrome
de Stevens-Johnson, síndrome de Lyell e necrólise epidérmica tóxica


hepatite (inflamação do fígado)

Comunicação de efeitos secundários
Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não
indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá
comunicar efeitos secundários diretamente ao INFARMED I.P. através dos contactos
abaixo. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais
informações sobre a segurança deste medicamento.

INFARMED, I.P.
Direção de Gestão do Risco de Medicamentos
Parque da Saúde de Lisboa, Av. Brasil 53
1749-004 Lisboa
Tel:
+351 21 798 73 73
Linha do Medicamento: 800222444 (gratuita)
Fax:
+ 351 21 798 73 97
Sítio da internet:
http://extranet.infarmed.pt/page.seram.frontoffice.seramhomepage
E-mail:
farmacovigilancia@infarmed.pt



Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem
exterior e no blister, após EXP. O prazo de validade corresponde ao último dia do
mês indicado.

Blister de PVC/PVDC/Alu (250µm/120µm/20µm): Não conservar acima de 30ºC.
Blister de PVC/PVDC/Alu (250µm/165µm/20µm) ou blister de PVC/PE/PVDC/Alu:
Este medicamento não necessita de quaisquer condições especiais de conservação

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza.
Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.



Qual a composição de Flurbiprofeno Sandoz

A substância ativa é o flurbiprofeno. Cada pastilha contém 8,75 mg de flurbiprofeno.
Os outros componentes são: isomalte (E953), maltitol (E965), sucralose, hidróxido
de potássio, macrogol 300, aroma de óleo de laranja, hidroxianisol butilado (E320),
aroma de laranja sanguínea, levomentol, betacaroteno.

Qual o aspeto de Flurbiprofeno Sandoz e conteúdo da embalagem

Flurbiprofeno Sandoz é uma pastilha redonda, cor de laranja com linha de marcação
típica e sem gravação, com sabor a laranja e um diâmetro de, aproximadamente, 19


mm, embalada num blister opaco de PVC/PVDC/Alu ou num blister opaco de
PVC/PE/PVDC/Al.

Apresentações: 8, 10, 16, 24 pastilhas
É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricantes

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Sandoz Farmacêutica, Lda.
Avenida Professor Doutor Cavaco Silva, n.º 10E
Taguspark
2740-255 Porto Salvo
Portugal

Fabricantes

Soldan Holding + Bonbonspezialitaten GmbH
Hoechstadter Strasse 33
Adelsdorf, Bayern
91325
Alemanha

Lek Pharmaceuticals d.d.
Verovškova ulica 57
1526 Ljubljana
Eslovénia

Lek S.A.
ul. Domaniewska 50 C
02-672 Warszawa
Polónia

Salutas Pharma GmbH
Otto-von-Guericke-Allee 1
Sachsen-Anhalt, Barleben
39179
Alemanha


Este folheto foi revisto pela última vez em <{ MM/AAAA}>

[A ser completado nacionalmente]
Faça download do folheto informativo

Fonte da informação: última versão disponibilizada no site do Infarmed. Não invalida a leitura do folheto informativo contido no interior da embalagem. Em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou os nossos farmacêuticos

<?= $familia->nomeFamilia ?>