Início >  SAÚDE FAMILIAR > GRIPE E CONSTIPAÇÃO > C-NERGIL 1000 MG 10 SAQUETAS

C-NERGIL 1000 MG 10 SAQUETAS

C-NERGIL 1000 MG 10 SAQUETAS

CNP: 9224501

 

5.15 €


FOLHETO INFORMATIVO: INFORMAÇÃO PARA O UTILIZADOR

C’NERGIL, 1g, granulado
Ácido ascórbico (Vitamina C)

Este folheto contém informações importantes para si. Leia-o atentamente.
Este medicamento pode ser adquirido sem receita médica. No entanto é necessário
tomar C’Nergil com precaução para obter os devidos resultados.
- Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o reler.
- Caso precise de esclarecimentos ou conselhos, consulte o seu farmacêutico.
- Em caso de agravamento ou não melhoria do estado de saúde após o tempo de
tratamento aconselhado, consulte o seu médico.
- Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos
secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.

Neste folheto:



C’NERGIL está indicado na prevenção dos estados carenciais em vitamina C.

Propriedades de C’NERGIL
Vários estudos foram efectuados tendo sido Waugh e King os primeiros a identificar
em 1932 um composto no sumo de limão com propriedades anti-escorbúticas, o qual
adquiriu a designação de ácido ascórbico (Vitamina C).

A vitamina C influi de uma forma geral na maioria das reacções bioquímicas do
organismo relacionadas com processos oxidativos. A nível de vários tecidos, a função
principal relaciona-se com a síntese do colagénio, dos proteínoglicanos e de outros
constituintes de matriz intercelular, dos dentes, ossos e endotélio capilar. Poder-se-á
dizer que a vitamina C tem um papel biológico, que se traduz de múltiplas formas,
quer pela sua intervenção nos processos de oxi-redução, quer pela estimulação da
actividade de certos fermentos, quer pela aceleração do metabolismo dos hidratos de
carbono e do consumo de oxigénio.

As necessidades diárias de vitamina C, no indivíduo saudável, variam entre 25 a 75
mg para os adultos e entre 30 a 50 mg para as crianças.

A formulação do medicamento C’NERGIL como granulado para solução oral e a
apresentação em unidose, asseguram uma posologia correcta e possibilitam
melhores condições de segurança e higiene.




Não tome C’NERGIL
Não deve tomar este medicamento:
se tem alergia (hipersensibilidade) à substância activa ou a qualquer dos
componentes do medicamento (ver secção 6. Qual a composição de C’NERGIL);
se sofrer de litíase renal (doses superiores a 1 g/24 h);
se sofrer de fenilcetonúria.

Tome especial cuidado com C’NERGIL
Nos tratamentos com doses elevadas (> 2 g/dia), o ácido ascórbico poderá interferir
nalguns testes laboratoriais (como nas determinações sanguínea e urinária da
glucose e da creatinina), pelo que deverá alertar o seu médico, para o facto de estar
a tomar ou ter tomado recentemente este medicamento.

Tomar C’NERGIL com outros medicamentos
Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar ou tiver tomado
recentemente outros medicamentos, incluindo medicamentos obtidos sem receita
médica.
Não há registo de interacções medicamentosas com C’NERGIL, pelo que de um modo
geral, pode tomá-lo com outros medicamentos.

Gravidez e aleitamento
Em caso de gravidez ou aleitamento, deverá consultar o seu médico antes de tomar
qualquer medicamento. No entanto, a vitamina C é desprovida de efeitos
teratogénicos, pelo que este medicamento pode ser administrado a grávidas e mães
que amamentam.

Condução de veículos e utilização de máquinas
A toma deste medicamento não produz qualquer efeito sobre a condução de veículos
e o uso de máquinas.

Informações importantes sobre alguns componentes de C’NERGIL
Este medicamento contém 65 mg de aspartamo em cada unidade de dose.
O aspartamo é uma fonte de fenilalanina. Pode ser prejudicial se tiver fenilcetonúria
(PKU), uma doença genética rara em que a fenilalanina se acumula porque o seu
organismo não a consegue remover adequadamente.

Este medicamento contém tartrazina (E102), vermelho de ponceau 4R (E124) e
butilparabeno. Pode causar reacções alérgicas.

Este medicamento contém sacarose e lactose. Se foi informado pelo seu médico que
tem intolerância a alguns açúcares, contacte-o antes de tomar este medicamento.



Tomar C’NERGIL sempre de acordo com as indicações do médico. Fale com o seu
médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

C’NERGIL destina-se a administração oral após dissolução do conteúdo das saquetas
em água.


Nas carências mínimas de vitamina C, bastam em regra doses de 100 a 200 mg
diários, doses que podem mesmo administrar-se sob a forma de alimentos ricos em
ácido ascórbico.

Em situações carenciais mais prolongadas, deverá ser o médico a estabelecer a
posologia em função da situação patológica do doente. No entanto, como posologia
média para o tratamento das carências prolongadas, recomenda-se a administração
do conteúdo de uma saqueta, dissolvido num copo de água, uma ou duas vezes por
dia, às refeições ou nos intervalos destas.

O conteúdo da saqueta deverá ser tomado imediatamente após a abertura.

Se tomar mais C’NERGIL do que deveria
Nas doses diárias recomendadas, não há registo de intoxicação por sobredosagem.
No entanto, a ingestão de doses elevadas (> 2 g/dia) poderá dar origem a diarreias,
e precipitação de cistinina e oxalatos no tracto urinário.

Caso se tenha esquecido de tomar C’NERGIL
Não tome uma dose a dobrar para compensar a que se esqueceu de tomar. Prossiga
com o tratamento tal como de costume, voltando a tomar a próxima dose no horário
normal.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu
médico ou farmacêutico.



Como os demais medicamentos, C’NERGIL pode causar efeitos secundários, no
entanto estes não se manifestam em todas as pessoas.

A ingestão de doses elevadas de vitamina C pode dar origem a:
- Diarreias e outras perturbações gastrintestinais;
- Perturbações renais (precipitação de cálculos de uratos, de cistina e/ou de
oxalatos), podendo provocar hemólise em doentes deficientes em enzima glucose-6-
fosfato desidrogenase (G6PD);
- Risco de erosão do esmalte dentário após 3 anos de terapêutica.

Se algum dos efeitos secundários se agravar ou se detectar quaisquer efeitos
secundários não mencionados neste folheto, informe o seu médico ou farmacêutico.



Manter fora do alcance e da vista das crianças.
Não conservar acima de 25ºC. Proteger da luz.

Não utilize C’NERGIL após o prazo de validade impresso na embalagem exterior. O
prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.


Os medicamentos não devem ser eliminados na canalização ou no lixo doméstico.
Pergunte ao seu farmacêutico como eliminar os medicamentos de que já não
necessita. Estas medidas irão ajudar a proteger o ambiente.



Qual a composição de C’NERGIL
A substância activa é o ácido ascórbico (Vitamina C).
Os outros componentes são:
Sílica coloidal anidra, para-hidroxibenzoato de butilo, povidona, edetato dissódico,
butilhidroxianisol, corantes [tartrazina (E102) e vermelho de ponceau 4R (E124)],
aroma de laranja, lactose monohidratada, sacarose, amido pré-gelificado, ácido
cítrico monohidratado e aspartamo (E951).

Qual o aspecto de C’NERGIL e conteúdo da embalagem
C’NERGIL é um medicamento que se apresenta na forma de granulado para solução
oral, em saquetas. Cada saqueta, contém cerca de 5 g de granulado doseado a 1
grama de ácido ascórbico (vitamina C).

Cada embalagem de C’NERGIL contém 10 ou 20 saquetas.

É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações.

TITULAR DA AUTORIZAÇÃO DE INTRODUÇÃO NO MERCADO

MEDINFAR CONSUMER HEALTH – PRODUTOS FARMACÊUTICOS, LDA.
Rua Henrique Paiva Couceiro, Nº 27
Venda Nova,
2700-451 Amadora


Este folheto foi aprovado pela última vez em
Faça download do folheto informativo

Fonte da informação: última versão disponibilizada no site do Infarmed. Não invalida a leitura do folheto informativo contido no interior da embalagem. Em caso de dúvida ou de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou os nossos farmacêuticos

<?= $familia->nomeFamilia ?>